Voluntariado de brasileiros e americanos mobilizou Videira

Quando o voluntariado e o amor ao próximo se unem, a transformação e o impacto na vida das pessoas alcançadas é inevitável. De 17 a 20 de fevereiro, muitos videirenses puderam experimentar o cuidado e o amor que mais de 150 voluntários brasileiros e norte-americanos, que atuam no Projeto 70, trouxeram para o município. Foram três intensos dias de evangelismo, shows musicais, prestação de serviços sociais e médicos, palestras na área de sexualidade e tomada de decisão com foco em valorização da vida e da saúde, artesanato, dinâmicas com fantoches, teatro, música e conceitos éticos e morais cristãos, além do estímulo as relações interpessoais. A ação foi uma mobilização de Igrejas Batistas de Santa Catarina, Minas Gerais e Bahia, filiadas a Convenção Batista Brasileira e Igrejas Batistas de Fayetteville (Atlanta-Georgia - EUA).

O pastor da Igreja Batista de Videira, Fernando Coelho, que foi o anfitrião do Projeto no município explica que as ações aconteceram gratuitamente na Praça Nereu Ramos, no Centro, além de ações específicas nos bairros Amarante, De Carli e Alto Boa Vista e no Seminário do Bairro Floresta. “A experiência transcultural de prestação de serviços sociais e médicos que os voluntários americanos, mineiros e baianos trouxeram na bagagem se uniu a de dezenas de videirenses que participaram do projeto e resultou em um grande impacto em nossa cidade. Durante três dias demonstramos que doar tempo, amor e cuidado ao próximo pode fazer a diferença na vida das pessoas, encorajando-as a tomar decisões e até a se tornarem multiplicadoras desse amor fraternal pregado por Deus e que move esses voluntários”, disse Coelho agradecendo o apoio da Prefeitura de Videira, Gerência Regional de Educação e CRAS, além da CDL e empresas que abriram as portas para as ações.

Segundo o pastor Jairo Reis Campos, diretor do Projeto 70 no Brasil, além das muitas pessoas abordadas nas ruas de Videira, o Projeto 70 atendeu, por meio das palestras na área de sexualidade e tomada de decisão com foco em valorização da vida, cerca de duas mil crianças e adolescentes das redes municipal e estadual de ensino, além de centenas de visitas realizadas nas casas dos videirenses e da visitação ao Asilo Lar O Bom Samaritano e na Comunidade Terapêutica São Francisco. “Além de partilharmos conhecimento, atendimento médico e descontração o Projeto 70 cumpriu uma das ordenanças de Jesus, que é o de propagarmos Seu evangelho. Ao falarmos desse amor que Deus tem por nós e, que muitas vezes transcende o entendimento humano, 300 pessoas decidiram seguir a Deus, e isso compensa toda a dedicação de nossos voluntários”.

O Projeto 70

O Projeto 70 nasceu a partir de uma das ordenanças de Jesus registrada em Lucas 10:1 “E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir”. É um projeto de mobilização de pessoas na implantação e revitalização de igrejas Batistas afiliadas a Convenção Batista Brasileira. O projeto iniciou no ano 2000 como ministério de missões da Brazilian Fellowship Baptist Church em Dallas, EUA em parceria com a Igreja Batista – Projeto 70 de Montes Claros (MG) e posteriormente com ações em Santa Catarina e Bahia.

A iniciativa é uma grande difusora da mensagem do evangelho de Jesus mobilizando pessoas em prol da expansão do Reino de Deus, assim contribuindo para a transformação das comunidades onde passa. De modo geral, o Projeto 70 atua mobilizando pessoas em quatro frentes: construção de templos, sustento de obreiros, formação por meio do seminário teológico e impactos missionários como a realização de mobilizações como a que aconteceu em Videira.

Fonte: Silvia Palma - Igreja Batista de Videira



Voluntariado de brasileiros e americanos mobilizou Videira

Fonte Imagem: Silvia Palma - Igreja Batista de Videira


Salto News - Todos os direitos reservados - 2018.