Moeda  Valor
DólarR$ 3,30
EuroR$ 3,87

Facebook e SOS Promovem Reencontro da Família Breda

O domingo, 25 de junho, foi de muitas emoções para a família Breda.

Tudo iniciou a partir de um contato informal através da rede social do Facebook em meados de setembro de 2016 quando Simone de Fátima Breda, residente em Brasilia-DF, estava a procura da mãe Ivanir.

Simone pesquisou na rede social e adicionou pessoas com o sobrenome Breda, uma das delas era a “Dirle” Dirlene Breda. Dirlene conta que prontamente aceitou o convite de amizade e a partir daquele momento iniciou a conversa entre tia e sobrinha. “Quando Simone assinalou o nome da sua mãe Ivanir e anotou o nome do seu Avô como Rosalino Breda, eu disse Rosalino é meu Pai”, contou Dirlene emocionada. “A nossa família não sabia da existência de Simone, perdemos o contato com Ivanir há muitos anos e nem mesmo na última visita que Ivanir havia feito ao nosso pai, ela... ela jamais mencionou a existência de filhos.

Logo após, Dirlene chamou a família e contou da surpresa obtida através do Facebook. Foi então que os mais novos conheceram a História da Vó Lenir e do Vô Rosalino Breda.

“Quando eu (Lenir Gonçalves de Sousa) casei com Rosalino, ele já tinha uma filha com Sebastiana Caetano (ela na época morava no interior de 13 Tílias). A criança tinha 8 anos e se chamava Ivanir. Sebastiana concedeu os cuidados de Ivanir a nós dois (Lenir - Madrasta e Rosalino – Pai) e a partir de então, passei a cuidar da menina como se fosse minha filha legítima”, conta Dona Lenir.

O dia a dia do casal teve muitos desafios. “Nossa, teve um tempo em que moramos no Paraguai, foi um período difícil, trabalhávamos em madeireira para sustentar os filhos. Na época tínhamos além da Ivanir mais 04 crianças (Marilene, Dirlene, Carlos e Rosilene). Logo após o nascimento de Adriano, sexto filho ainda no Paraguai, com ajuda de familiares retornamos ao Brasil e aqui nasceu o nosso filho mais novo, Edson”.

A ser questionada quando perderam contato com a filha mais velha, Lenir conta que Ivanir tinha entre 15 - 16 anos, não recorda exatamente. “Ela foi embora para videira, depois de tempos em tempos vinha ver a família. Depois, sumiu por um período mais longo e retornou para uma visita breve quando o Rosalino (pai) estava doente. Logo após foi embora e nunca mais manteve contato conosco, simplesmente sumiu”.

“Reencontramos Ivanir em Março, quando depois do resultado de Busca do SOS desaparecidos”, contou Dirlene. “Quando contei a Simone que não sabíamos que ela existia e que não tínhamos mais contato com Ivanir há anos, Simone me falou que tinha vontade de conhecer a mãe e então pediu ajuda ao SOS Desaparecidos. Eles a encontraram em alguns dias e então, repassaram a nossa família o endereço de Ivanir. Foi então que nos deslocamos a Ibirama e a reencontramos”.

Dona Lenir, neste domingo (25), teve a grata satisfação de receber a Filha adotiva (Ivanir) em Salto Veloso.

Nesta mesma data em que o sol estava radiante, emocionada Simone, acompanhada de sua filha mais nova Garieli, chegou de Brasilia-DF para conhecer a Mãe Ivanir, a Vó Lenir e toda Família Breda. “Depois de 40 anos e 30 horas de viagem, agora eu estou completa, sei de minhas origens, não vou mais passar por constrangimentos quando levar os meus filhos ao médico e me pedirem se alguém da minha família teve ou tem algum sintoma parecido”, “é um sonho abraçar, ganhar e dar colo a Minha Mãe” relata Simone complementando, “sou grata a todos que me auxiliaram para realizar o meu sonho”.

Simone é casada e tem três filhos (Gabriel, Jayne e Gabrieli). Lembra com carinho de seus pais adotivos de videira, Luiz Antônio de Almeida e Aurora Pinto de Almeida, hoje já falecidos. “Eles me criaram, ofereceram alimento e educação, foram a minha família. Eu visito meu irmão e minha cunhada em Videira quando posso, mas jamais imaginei que a minha família Biológica estaria aqui tão próximo, agora terei mais um motivo para retornar a região”. Enalteceu Simone agradecendo a presença do irmão Orestes e da cunhada Elizabete na recepção da festa promovida para sua chegada. “Nossa, estou muito feliz, minha família é acolhedora. Estou realizada”.

Há... foi uma emoção e tanto registrar este reencontro! No decorrer destes próximos dias, Simone com a mãe Ivanir e todos os familiares vão trocar muitas experiências, contar histórias, como a história do “acidente” na orelha da “Mana”, não é mesmo Ivanir?! Tempos de criança...


Fonte: Salto News



Facebook e SOS Promovem Reencontro da Família Breda
Da esquerda para a direita, Ivanir é a oitava pessoa em pé, ao lado Simone e vó Lenir, ambas acompanhadas da família.

Fonte Imagem: Verità Comunicação


Salto News - Todos os direitos reservados - 2017.